GERALDO SUERDIECK

Durante 27 anos, de 1948 a 1975, o empresário baiano Geraldo Meyer Suerdieck esteve no comando da Suerdieck S.A. Charutos e Cigarrilhos, cabeça de um grupo que chegou a ter 16 empresas. Todas estavam ligadas ao cultivo e comercialização de fumos para charutos e à produção e distribuição de charutos nos mercados interno e externo.Continuar lendo “GERALDO SUERDIECK”

AUGUST SUERDIECK

Quando se falar das fábricas de charutos do município de Cruz das Almas, não se pode esquecer a empresa Suerdieck que foi a maior representante da Bahia no mercado de charutos. A manufatura de charutos Suerdieck é importante na história de Cruz das Almas. Seu principal representante foi August Suerdieck, que veio para a Bahia,Continuar lendo “AUGUST SUERDIECK”

AGRO COMERCIAL FUMAGEIRA

A Sociedade Agro Comercial Fumageira, como empresa foi constituída em 1950, para se dedicar exclusivamente ao cultivo científico do fumo Sumatra. A orientação técnica ficou sob a responsabilidade de Fernando Meyer Suerdieck, que havia recebido treinamento nos Estados Unidos. Durante dois anos (1947/49) ele estagiou em Hartford, Connecticut, nas plantações de H. Duys & Co.Continuar lendo “AGRO COMERCIAL FUMAGEIRA”

NOSSO FUMO, PRÊMIO NACIONAL

Em 1908, participando da Exposição Nacional do Rio de Janeiro, a empresa Aug. Suerdieck foi agraciada com dois prêmios, uma Medalha de Ouro e um Grande Prêmio Especial. Este último foi para a cultura aperfeiçoada do fumo, fruto da introdução, em Cruz das Almas, de plantações pioneiras no Brasil, abrigadas do sol, sob coberturas deContinuar lendo “NOSSO FUMO, PRÊMIO NACIONAL”

NOSSO FUMO, DA BAHIA PARA O MUNDO

A Bahia é o primeiro produtor de tabaco para charuto do Brasil e tem o segundo maior parque fumícola do Nordeste. O Estado já exporta o tabaco produzido em mais de 36 municípios, totalizando 1.736 hectares plantados. Entre os principais municípios produtores de tabaco para charuto, além de Cruz das Almas, destacam-se: — Irará — Cabaceira doContinuar lendo “NOSSO FUMO, DA BAHIA PARA O MUNDO”

A FANTÁSTICA HISTÓRIA DA SUERDIECK EM CRUZ DAS ALMAS E NA BAHIA – PARTE 1

O Centenário da Chegada de August Suerdieck ao Brasil (1888-1988), em Cordel de autoria de Antônio Alves da Silva   Me jogo de corpo e alma Nos braços da poesia. Ponho os mistérios da noite Na claridade do dia, Envolvendo minha musa D´uma inspiração sadia.                               Em direção ao Parnaso                             Sigo meu itinerário                             ParaContinuar lendo “A FANTÁSTICA HISTÓRIA DA SUERDIECK EM CRUZ DAS ALMAS E NA BAHIA – PARTE 1”

A FANTÁSTICA HISTÓRIA DA SUERDIECK EM CRUZ DAS ALMAS E NA BAHIA – PARTE 3

  Armazém da Suerdieck, parte do prédio onde hj é o SupermercadoTodo Dia Suerdieck fecha sua última fábrica de charutos O ano é 2000 e a maior produtora de charutos e cigarrilhas do Brasil, a Suerdieck, instalada na Bahia havia 106 anos, fechou sua última unidade, na cidade de Cruz das Almas, dispensando os cemContinuar lendo “A FANTÁSTICA HISTÓRIA DA SUERDIECK EM CRUZ DAS ALMAS E NA BAHIA – PARTE 3”

A FANTÁSTICA HISTÓRIA DA SUERDIECK EM CRUZ DAS ALMAS E NA BAHIA – PARTE 2

(…) A arte de fazer charuto é de conhecimento da Bahia desde 1829, todavia, as fábricas de charuto tal como entendemos hoje tem seus primórdios a partir de 1850. Não demoraria em surgir espaços fabris que seriam conhecidos no mundo, como Dannemann e Suerdieck que foram as mais prósperas. As redes ferroviárias na Bahia promovemContinuar lendo “A FANTÁSTICA HISTÓRIA DA SUERDIECK EM CRUZ DAS ALMAS E NA BAHIA – PARTE 2”

LIVRO “SUERDIECK, EPOPÉIA DO GIGANTE”

No livro ‘Suerdieck, Epopeia do Gigante’, Ubaldo Marques Porto Filho reconstituiu a história de um império charuteiro, que chegou a ter 16 empresas, sendo quatro na Europa. Com três fábricas de charutos no Recôncavo Baiano (Maragojipe, Cruz das Almas e Cachoeira), foi a maior produtora de charutos brasileiros em todos os tempos e teve umContinuar lendo “LIVRO “SUERDIECK, EPOPÉIA DO GIGANTE””