Categorias
Cruz das Almas

O VENDEDOR DE TABOCA

Taboca 
A palavra de origem Tupi, Ta’woka (planta oca, cana) dá nome a uma das delícias da cozinha doce baiana: um biscoito muito fino e delicado, feito da mistura de farinha de trigo, farinha de mandioca, açúcar e água. Preparado de forma artesanal, e por fim, prensado numa espécie de chapa, onde, em seguida é moldado em um cabo de vassoura. Quando provado, dissolve na boca, tem espessura delicada e fina, como uma folha de papel pardo. 

A Taboca, em  outras épocas, era levado nas costas do vendedor, uma especie de recipiente feito com duas latas de manteiga soldadas, que o vendedor trazia preso às costas atado por uma arreata de couro, que servia para proteger e transportar. O triângulo era usado juntamente com o grito pra chamar atenção. 
O percurso era marcado pelo compasso do toque estridente do triangulo de ferro, característica desses profissionais. Tilingue, tilingue tingue, tilingue, tilingue tingue. 
Bastava ouvir esse toque que todos já sabiam quem vinha passando.

Por Edisandro Barbosa Bingre

Paulistano apaixonado por Cruz das Almas, desde o início dos anos 80 quando aqui veio morar, o que o levou a desenvolver um grande amor por esta terra. Escritor, Professor, Técnico em Agropecuária, estudante de Gestão Pública, Cerimonialista e Servidor Público Municipal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.