VOCÊ SABIA?

Segundo anotações de inventários post-mortem encontrados no Arquivo Regional de Cachoeira e no Arquivo Público do Estado da Bahia, imóveis e escravos destacavam-se como os bens (parte das fortunas) dos inventariados nas freguesias de Cruz das Almas, Muritiba e Outeiro Redondo no período de 1834-1850. A saber:

Escravos 42,5%

Imóveis 24,5%

Dívidas ativas 15%

Animais 5%

Dote 1%

Financeiros 1%

Mercadorias 2,5%

Benfeitorias 4%

Objetos 2,5%

Lavouras 4%

Publicado por Edisandro Barbosa Bingre

Paulistano de nascimento, mas radicado em Cruz das Almas desde o início dos anos 80, o que o levou a desenvolver um grande amor por esta terra. Escritor, Professor, Técnico em Agropecuária, estudante de Gestão Pública, Cerimonialista e Servidor Público Municipal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: