AS PINHAS PORTUGUESAS DA CRISÓGNO FERNANDES

PINHA P PORTUGUESA

Sempre chamou-me a atenção, quando eu passava, geralmente de bicicleta, na Rua Crisógno Fernandes (que passou a ser agora Avenida), via no muro de uma de suas casas grandes, dois adornos de cerâmica (ou seria porcelana?) ladeando o portão de  entrada.

Recentemente, passando em frente ao mesmo local, verifiquei que resta ali apenas um dos adornos. Curioso que sou, fotografei-o e fui pesquisar sobre, claro!

Descobri, então, tratar-se de uma “Pinha Portuguesa”, uma das peças mais tradicionais do mundo da decoração. As pinhas nasceram no século XIX para decorar áreas externas como jardins, muros de castelos e escadarias de mansões e sobrados de época. Com o tempo, as pinhas  foram invadindo o interior das residências e ocupando lugar de destaque em mesas, estantes e prateleiras.

As pinhas portuguesas, que na verdade nasceram na França com o nome de Boules D’Escalier, conservam sua função decorativa, mas agora, muito mais valiosas, adentraram as salas e são expostas como verdadeiras obras de arte.

Para os que têm autênticas pinhas de época, remanescentes de demolições de casarões e sobrados, o meu conselho é para que conservem as peças como raras preciosidades. Fica a dica!

 

Anúncios

Um comentário em “AS PINHAS PORTUGUESAS DA CRISÓGNO FERNANDES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.