GRANDE DUELO MUSICAL NO CORETO DA PRAÇA

No início dos anos 40 do século próximo/passado, Cruz das Almas ainda era uma cidade pequena e pacata, com baixo índice populacional. Sua área urbana era constituída pela Praça Senador Temístocles, pequeno trecho da Rua Otens, Avenida “Alberto Passos”, Ruas: da Vitória, dos Poções, da Cadeia, do Genipapo, da Malva, da Estrada de Ferro eContinuar lendo “GRANDE DUELO MUSICAL NO CORETO DA PRAÇA”

AS PINHAS PORTUGUESAS DA CRISÓGNO FERNANDES

Sempre chamou-me a atenção, quando eu passava, geralmente de bicicleta, na Rua Crisógno Fernandes (que passou a ser agora Avenida), via no muro de uma de suas casas grandes, dois adornos de cerâmica (ou seria porcelana?) ladeando o portão de  entrada. Recentemente, passando em frente ao mesmo local, verifiquei que resta ali apenas um dosContinuar lendo “AS PINHAS PORTUGUESAS DA CRISÓGNO FERNANDES”

NOSSO FUMO, DA BAHIA PARA O MUNDO

A Bahia é o primeiro produtor de tabaco para charuto do Brasil e tem o segundo maior parque fumícola do Nordeste. O Estado já exporta o tabaco produzido em mais de 36 municípios, totalizando 1.736 hectares plantados. Entre os principais municípios produtores de tabaco para charuto, além de Cruz das Almas, destacam-se: — Irará — Cabaceira doContinuar lendo “NOSSO FUMO, DA BAHIA PARA O MUNDO”

MARIA JOAQUINA

A luta de Maria Joaquina  da Conceição, nascida na cidade de Cruz das Almas e mãe  de nove filhos, começou na antiga fábrica de charutos Suerdieck, local onde trabalhou até se aposentar. Fato que não a retirou da luta, pois em 1986, quando a fábrica Suerdieck estava para fechar, as operárias recorreram a ela (queContinuar lendo “MARIA JOAQUINA”